O que é o que é? Você sabe o que é o tão falado Neurônio – espelho?

O que é o que é? Você sabe o que é o tão falado Neurônio – espelho? E, como ele pode te ajudar a vender mais?

Basta observar uma ação sendo realizada e pronto! Seus Neurônios-espelho estão em ação. O motivo é, imitamos involuntariamente o comportamento de outras pessoas. Na prática, quando assistimos alguém fazendo algo, é como se nós mesmos estivéssemos realizando tal atividade.

Ou somos influenciados, como, por exemplo, quando vemos alguém bocejar, bocejamos.

Mas, o que esse tau de neurônio-espelho tem a ver com o marketing?

Como eu disse ali em cima, os neurônios-espelho nos fazem imitar comportamentos. Assim, se vemos alguém com um determinado produto ou utilizando um serviço, nossos neurônios-espelho desencadeiam em nós um desejo de ter aquilo.

O comportamento de outras pessoas afeta nossa experiência de consumo e, em última instância, influencia nossas decisões de compra.

Isso também explica fenômenos como  assistir um esporte que gostamos. Ou seja, sentimos que estamos nós mesmos praticando aquele esporte quando vemos vídeos ou jogos. Assim, os neurônios-espelho e o marketing explicam movimentos de consumo tanto de produtos como de conteúdo no YouTube ou na TV, por exemplo.

Neurônio-Espelho, Marketing e Dopamina

Comprar pode se tornar um vício e é fato que sim, o consumo libera felicidade, mesmo que por um prazo curto.

O que é feito hoje pelas lojas é a sensação de pertencimento. Ao comprar de uma marca forte, que se utiliza de pessoas bonitas e ambientes vistosos, o consumidor se sente “um deles”. Sente-se mais popular e melhor devido aos neurônios-espelhos.

E isso, claro, libera dopamina, que gera prazer, pois a pessoa se identifica como a outra, mesmo que por um curto prazo de tempo.

Não é imaginário, é real, físico. Nosso cérebro tem um sistema, ao qual chamam de Neurônios-Espelho que nos faz querer ter o que o outro tem ou ser como o outro é. Pois é, isso é conhecido como “inveja” ou, para dizer de forma mais gentil, somos “repetidores da realidade alheia”.

Se o cérebro humano tem essa ação involuntária de imitar o que o outro está fazendo, ele também vai querer usar o que o outro está usando, e está aí uma grande ferramenta de marketing para você usar em suas campanhas.

O que é o que é? Você sabe o que é o tão falado Neurônio - espelho?

Como posso usar Neuronios-espelho no meu negocio?

  • MENOS PRODUTOS, MAIS USUÁRIOS

Em campanhas de marketing mostre pessoas felizes e sorridentes “usando” o seu produto/serviço. Isso vai funcionar e despertar mais interesse do que uma foto estática do seu produto acompanhada da lista de benefícios que ele tem. Marcas com HavaianasSundown e Coca-Cola usam muito esse formato de campanha. E é uma dica também funciona bem pra empresas de vestuário, ao invés de tirar uma foto do manequim vestido, use pessoas reais com suas peças.

  • FAÇA A PERGUNTA-CHAVE

Para incrementar a estratégia, responda à pergunta: por que as pessoas compram o meu produto? Mas responda como se fosse um neurônio-espelho.

As pessoas não compram bicicletas para se exercitar e perder barriga. Isso é um efeito colateral. Elas compram bicicletas para se sentirem jovens de novo, driblar o engarrafamento, para não ter que se preocupar com taxa de estacionamento. Entendeu?

Descubra por que as pessoas compram o que compram, descubram qual mensagem subliminar desperta os neurônios-Espelho nelas e use isso em suas campanhas.

  • FAÇA OS OUTROS SABEREM QUEM JÁ É SEU CLIENTE

Mostre quem já é seu cliente: fotos nas redes sociais, cases de sucesso nos blogs, depoimentos em vídeos no youtube. Use tudo o que a tecnologia dispõe para mostrar quem já “se deu bem” comprando de você ou contratando seus serviços.

Cabeleireiros e clínicas de estética fazem muito isso: usam as redes sociais para postar fotos de seus clientes com o novo visual. E isso faz muito sucesso.

  • PRESENTEI CLIENTES VIPs ou INFLUENCIADORES

Distribua brindes e amostras grátis para clientes estratégicos. Ofereça uma amostra grátis ou uma pequena degustação dos seus produtos. E não é para qualquer cliente. É para uma seleta lista de Clientes Especiais. Use um critério de seleção justo: foi o cliente que mais comprou no mês passado, ou está conosco desde o começo da loja, ou é o cliente que mais indica outros clientes para você etc.

E não esquece de divulgar essas ações em suas redes sociais para que seus outros clientes vejam e, atiçados pelos neurônios-Espelho, façam por onde se tornarem VIPs também.

Performa.AI