E-com plus e headless commerce. Entenda.

Os consumidores esperam experiências cada vez mais imersivas.

As pessoas querem comprar em qualquer lugar – por meio de seus smartphones, tótens, dispositivos controlados por voz, wearables ou até mesmo por meio de consoles de jogos.

Com o tempo, a tecnologia muda com novos métodos e tendências emergindo constantemente. Na era do e-commerce, vimos muitas técnicas para construir uma loja digital, sendo a mais recente a abordagem headless.

O headless commerce é a dissociação do front-end, onde ocorre a experiência de usuário, do back-end, onde funciona a lógica do comércio eletrônico. Esta lógica desacoplada permite total flexibilidade, pois a frente de loja pode ser feita do absoluto zero, tomando qualquer forma. A lógica de comércio por trás da loja é fornecida por APIs e serve como um corpo central ao qual você pode anexar quantas “caras” quiser. Aqui caras (ou cabeças) são as interfaces de contato do cliente onde ocorrem as transações, ou até mesmo os sistemas feitos para apoiar sua equipe.

Separar o front-end (que você controla) do back-end (a lógica de comércio eletrônico fornecida por uma solução de comércio sem cabeça como a E-Com Plus) permite que você desacople o desenvolvimento e se concentre exclusivamente na interação com o cliente, sem se preocupar com o impacto nos sistemas back-end críticos.