F1 Commerce
Alternativa Sistemas
Dooca
Jet
Tray
Nerus
APAGE

Atualmente as redes sociais são ótimas para atrair, engajar e converter potenciais clientes.

E o uso de ações de marketing nas redes sociais como Facebook, Twitter, WhatsApp, LinkedIn, Pinterest é uma boa opção na hora de vender ainda mais. 

Mas hoje vamos falar de uma rede social que a maioria das pessoas usa e conhece muito bem. Atualmente, é a rede social mais usada no mundo, principalmente pelos donos de lojas virtuais: o Instagram. 

Nos últimos anos, o Instagram vem mostrando um potencial enorme para o comércio eletrônico em geral. Como é uma rede social com um apelo visual muito grande, ela é perfeita para deixar em evidência os produtos de segmentos variados, como: moda e acessórios, produtos geek, sex shop, suplementos, entre outros. 

Além disso, segundo pesquisa da Locowise, 75% dos usuários ativos no Instagram já fizeram uma ação, como por exemplo visitar um site, a partir de um anúncio ou publicação na rede social. E mais: a pesquisa também apontou que metade dos usuários da plataforma seguem ao menos um negócio, e que 60% deles afirmam aprender sobre um produto na rede. Então, se você quer usar essa plataforma para vender mais, confira aqui dicas para loja virtual no Instagram! 

Tenha um perfil comercial com uma boa descrição do negócio na bio

Como montar seu e-commerce no Instagram?O primeiro passo para vender no Instagram é criar um perfil comercial. Contas comerciais permitem analisar métricas como alcance das publicações, impressões, interações e visitas ao perfil. Também é possível obter dados sobre o público que segue a página, incluindo localização, gênero, idade, faixa etária e períodos de maior atividade na plataforma. Donos de perfis business podem, ainda, promover posts. 

Com a conta devidamente configurada, é preciso descrever o seu negócio na bio do Instagram. A descrição não deve deixar dúvidas sobre o segmento no qual você atua e o produto que oferece ao cliente. Caso sua marca tenha um site para vendas, é importante incluir o link da loja virtual na bio. Se precisar agregar múltiplos links, experimente recorrer a ferramentas como Linktree. 

Bom saber

Quando mudamos o perfil de pessoal para comercial nós contamos com diversas métricas, como: 

  • Alcance: número de contas únicas que viram seu post; 
  • Impressões: total de views da postagem; 
  • Atividades dos seguidores: média de vezes que seus seguidores acessam o Instagram em dia; 
  • Visualizações de vídeos: número de vezes que seu vídeo foi visto. A métrica considera replays de mais de 3 segundos; 
  • Cliques: número de usuários que acessaram o link da bio; 
  • Salvas: número de usuários que salvaram um post seu; 
  • Respostas: Dado específico do Stories. Mostra quantas pessoas viram o vídeo e enviaram um direct por lá; 
  • Saídas: Outro dado específico para Stories. Mostra quantas vezes um seguidor foi de uma de suas Stories para a de outro perfil; 
  • Dados demográficos: gênero, idade, país e cidade dos seus seguidores.

 

  1. Biografia

Como montar seu e-commerce no Instagram?Com todas essas métricas você poderá saber qual é o seu público-alvo e como ele se comporta. Desta forma, você conseguirá otimizar suas estratégias e investir onde realmente fará diferença e trará resultados. 

Na biografia do seu perfil você deve contar ao seu cliente o que você faz e/ou vende, e como poderá ajudá-lo. Uma outra coisa muito importante é colocar o link para a sua loja virtual, caso você tenha uma, na biografia – existe um campo especificamente para isso. 

Podemos ir um pouco mais a fundo para explorar este campo de link, como por exemplo: existe um aplicativo chamado Linktr.ee que permite que ao clicar na URL deste campo, você seja direcionado à uma página com vários outros links com até mesmo títulos e descrição. Alguns exemplos são: 

  • Promoção imperdível, 50% de desconto; 
  • Inscreva-se em nosso youtube; 
  • Curta nossa página no Facebook; 
  • Conheça nossa loja virtual. 
  • Lembrando que cada uma destas frases possui um link embutido. 

A biografia na sua loja no Instagram é essencial, pois é a primeira informação que os usuários terão sobre a sua empresa. 

  1. Poste fotos e vídeos com boa qualidade e descrição

O Instagram é uma rede social visual. Se você quiser vender na plataforma precisa ter isso em mente. Invista em fotos de boa qualidade para compor um feed atrativo e aproveite os vídeos para explorar as características do produto, como acabamento e proporções. Vale também explicar o modo de usar e vantagens da mercadoria. 

Na legenda, descreva o produto em detalhes e informe também o preço e as condições de pagamento. Evite revelar o valor da mercadoria apenas por mensagens privadas – as famosas DM. Essa tática dificulta a operação de venda e pode afastar potenciais clientes. 

  1. Use hashtags

As hashtags são a principal forma de indexação de conteúdo no Instagram. Quando bem utilizada, essa ferramenta pode atrair novos seguidores até sua página e ajudar a alavancar o número de vendas. Para isso, pesquise as principais hashtags usadas no seu nicho de mercado e adicione-as aos seus posts. Se estiver com dificuldade, experimente utilizar o site Tags Finder. 

Desta forma, as pessoas que seguem a hashtag poderão visualizar o post e chegarão até o seu perfil com maior facilidade. Se a página oferecer conteúdos de valor, fotos de qualidade e descrições completas, é possível que você ganhe um cliente. Vale lembrar que o Instagram permite até 30 hashtags por post, mas é recomendado usar o recurso com moderação. 

Leia também: Como aumentar as vendas pelas redes sociais?

  1. Use a função “Loja”

Como montar seu e-commerce no Instagram?A função de compras do Instagram permite que marcas cadastrem e vendam seus produtos direto na rede social. O recurso diminui o caminho de compra do cliente, que não precisa sair da plataforma para adquirir as mercadorias. 

Aba “Loja” reúne todos os itens anunciados por uma marca no Instagram. Lembre-se que para criar uma loja no Instagram é preciso ter uma conta comercial e uma página de negócio no Facebook Business. Em seguida, basta vincular o perfil do Instagram ao seu catálogo do Marketplace ou do Gerenciador de Negócios e fazer a marcação dos produtos nos posts. 

 

 

  1. Aproveite os Stories

O Instagram Stories é uma ferramenta muito útil para gerar engajamento entre a marca e os seguidores. Segundo um levantamento da empresa Social Bakers, o uso de Stories de forma comercial cresceu 21% nos [últimos anos. O sucesso se deve, em grande parte, ao formato dinâmico da ferramenta, que permite criar uma relação mais próxima com o consumidor. 

Aproveite os stickers dos Stories, como os de perguntas, enquetes e testes, para criar conteúdos interativos. Outra dica é utilizar o espaço para mostrar os bastidores do negócio, quem compõe a equipe e outros momentos descontraídos. Vale citar que, se a sua conta tiver mais de 10 mil seguidores, você pode atrelar o link de um produto aos Stories – o famoso recurso “arrastar para cima”. 

  1. Responda DMs e interaja com os seguidores

Um bom atendimento é fundamental para garantir a satisfação e a fidelização do consumidor. Por isso, lembre-se de checar a caixa de mensagens e responder os clientes com o máximo de agilidade possível. Vale lembrar que, além de permitir um contato mais direto com o comprador, o espaço das Direct Messages (DMs) suporta o envio de links, recurso estratégico para redirecionar o cliente ao site do negócio. 

Para consolidar a marca no Instagram, é importante também interagir com os seguidores. Aproveite os comentários para conversar com o cliente e construir um relacionamento com ele. Outra dica válida é repostar, na sua própria página, os Stories que os consumidores publicam com o seu produto. Com isso, você reconhece o cliente e mostra aos demais seguidores que vale a pena investir na sua marca. 

Ótima dica de relacionamento com o cliente, CRM para e-commerce: tudo o que você precisa saber.

  1. Parceria com influenciadores

Fazer parcerias com influenciadores é uma forma de criar uma ponte entre a marca e o público de maneira mais efetiva. Nessa relação, a empresa se beneficia da confiança já estabelecida entre os potenciais consumidores e o influencer, fator que pode afetar diretamente a decisão de compra. Por isso, vale pesquisar formadores de opinião que podem ajudar na divulgação do seu negócio no seu segmento. 

Se você está dando os primeiros passos no e-commerce do Instagram, a dica é apostar em microinfluenciadores. Segundo levantamento da Social Bakers, 97% dos influenciadores do Instagram têm menos de 10 mil seguidores. Não se atenha tanto aos números: apesar de não alcançarem um público tão expressivo, esses influencers apresentam taxas de conversão e engajamento consistentemente mais altas. 

Comece agora a vender pela internet: Ideias para começar a vender pela internet.

  1. Cupons, ofertas ou descontos exclusivos para os seguidores

Ofertas e descontos sempre chamam a atenção dos consumidores. Aproveite o Instagram para criar posts ou Stories com cupons exclusivos para os seguidores da rede social. Experimente também incorporar concursos à sua estratégia de marketing. Eles contribuem para o aumento do engajamento e ajudam a atrair novos seguidores, que podem se tornar potenciais clientes. 

Fonte:
https://www.techtudo.com.br/listas/2020/04/como-vender-pelo-instagram-veja-dicas-para-montar-uma-loja-na-rede-social.ghtml
apage
Autor

Escreveu um Comentário

9 − 1 =