A realidade por trás do e-commerce que ninguém te contou

Começar um novo negócio, seja físico ou online, pode ser empolgante e estressante ao mesmo tempo, com muitas horas de trabalho e muita vida com um orçamento extremamente apertado na esperança de colocar seu negócio em funcionamento.

Existem muitos equívocos sobre como o mundo dos negócios funciona, mas estamos aqui para esclarecer as coisas para que você possa colocar seu negócio de e-commerce em funcionamento.

Acompanhe a seguir alguns dos mitos e verdades mais importantes que você deve saber antes de iniciar um negócio de comércio eletrônico.

O mito: construa a sua loja online e os resultados virão

Na década de 1990, quando a Internet era essencialmente nova, os sites estavam surgindo tão rapidamente que estavam causando até um certo “furor online”. No entanto, não podemos esquecer que, naquela época, muitos deles não vendiam na proporção e variedade de produtos que vendem hoje. Eles eram quase considerados como “sites institucionais”, preenchendo o espaço digital. Ou seja, a concorrência era infinitamente menor que hoje, então, os poucos e-commerces que existiam faturavam milhões.

Mas esse mundo não existe mais. Agora, o que temos é um mercado altamente concorrido, onde os grandes players acabam por dominar as vendas online. Portanto, construir um e-commerce hoje exige muita expertise em marketing digital e “cabeças pensantes” para estruturá-lo de uma forma que consiga sobressair perante a concorrência. Não é impossível, mas exige-se muita estratégia e investimento de recursos financeiros e humanos.

A realidade: o conteúdo substancial é essencial

O maior erro que você pode cometer ao abrir uma empresa de comércio eletrônico é presumir que só porque tem um nome influente e um portfólio de produtos com muitas imagens chamativas e bem tiradas, as pessoas vão aparecer magicamente e começar a comprar de você. Faça a si mesmo esta pergunta: “Quando isso aconteceu no mundo real?” Você deve ter percebido que não funciona assim, nem no mundo físico e nem no online. Precisa oferecer “substância sólida” em seu site, ou seja, resolver os problemas que as pessoas têm, responder às suas dores e gerar transformação na vida delas, de alguma forma.

O mito: você não precisa de nenhuma experiência

Os proprietários de negócios em potencial são constantemente informados de que não precisam de nenhuma experiência para criar uma empresa online de sucesso. Normalmente, esse é o discurso de golpistas para enriquecimento rápido, que estão provando a todos que lhes pagam, a verdade da inexperiência e isso acaba saindo muito caro.

A realidade: você faz

Você pensaria em abrir uma loja física no mundo real se não tivesse ideia do que estivesse fazendo? Certamente, estaria fora do mercado antes de começar, por um motivo simples: seus concorrentes sabem muito bem o que estão fazendo.

Você não precisa apenas compreender totalmente o tipo de negócio de comércio eletrônico que está iniciando, mas também conhecer os fundamentos do comércio on-line. Isso inclui coisas como pagamentos eletrônicos, carrinhos de compras, catálogos de produtos, mídias sociais,  tráfego pago e orgânico, prova social, marketing, publicidade, direcionamento de tráfego para seu site (geração de leads), plataformas de CRM, email-marketing, automações, funil de vendas, métricas, entre muitas outras ações.

O mito: preços baixos são a coisa mais importante

Se todas as coisas fossem iguais, o preço seria o fator decisivo. Mas a verdade é que vivemos em um mundo com milhares de opções a nosso dispor. E são estas milhares de opções disponíveis que permitem que os proprietários de empresas de comércio eletrônico encontrem uma vantagem competitiva.

A realidade: a maioria das empresas não consegue viver com preços baixos

Existem muitas pesquisas de consumo mostrando que o preço não é o fator mais importante em uma decisão de compra. Para ser um líder de baixo preço, uma empresa geralmente precisa ter um poder de compra massivo. Grandes players compram mais produtos em um dia do que a maioria das empresas venderá em um ano. Isso se traduz diretamente em preços que as empresas menores geralmente não conseguem oferecer.

A vantagem para qualquer negócio vem na forma de atendimento ao cliente e na transformação que o produto/serviço irá fazer na vida da pessoa. Para comerciantes de e-commerce, isso vem na forma de:

  • Serviço prático de concierge ou chat robô
  • Um meio para os clientes avaliarem os produtos e deixarem comentários
  • Uma presença ativa nas mídias sociais (Facebook, Instagram, Twitter, YouTube, Pinterest, LinkedIn, entre muitas outras)
  • Resposta rápida às perguntas dos clientes
  • Site e carrinho de compras fáceis de usar
  • A vontade de atender às necessidades de seus clientes
  • Automações das comunicações com os leads e listas de contatos existentes

Considere os motivos pelos quais você está disposto a gastar mais do que o necessário com os produtos e serviços que adquire e descobrirá que isso depende das pequenas coisas que os comerciantes fazem para tornar sua “experiência” de compra agradável e memorável. Liste o que você gosta, em suas experiências de compra, para o seu novo negócio de e-commerce.

O mito: nenhum plano de negócios é necessário

A grande mentira aqui é que os negócios de e-commerce são, de alguma forma, diferentes dos negócios tradicionais físicos.  Além da falta de presença física no mundo real, há pouca diferença em termos de gestão.

A realidade: Planos de Negócios são essenciais

Uma empresa pode ser direcionada 100% no mundo físico, totalmente no mundo digital ou uma combinação de ambos. Apesar que, nos últimos 2 anos, podemos até afirmar que uma empresa que estiver 100% no mundo físico, poderá “morrer” daqui alguns anos. O ideal é que que seja 50% no físico e 50% no digital.

Para essa estrutura dar certo, um plano de negócios deve ser o pilar do seu negócio, e desenvolver um é a primeira etapa na criação do seu e-commerce.

Os planos de negócios tratam de aspectos que incluem:

  • A visão geral e a missão da empresa
  • Biografias dos integrantes
  • Pesquisa de mercado
  • Definição de vantagem competitiva
  • Requisitos financeiros
  • Requisitos legais e regulamentares para o seu negócio

Quando você cria um plano de negócios, está se familiarizando totalmente com o que está se propondo a começar. O processo dá a você a chance de aprimorar as ideias que irão impulsionar sua empresa de e-commerce para o sucesso. Além disso, se você não sabe tudo sobre seu novo negócio, quem saberá?

O mito: todos os produtos de comércio eletrônico são semelhantes

Sem um entendimento básico de carrinhos de compras e plataformas de pagamento, é fácil presumir que todos fazem as mesmas coisas da mesma maneira. Pesquise, procure órgãos competentes para obter informações confiáveis, faça parcerias com associações do seu nicho, converse com especialistas da área.

Você pode entrar em contato com os especialistas da APAGE e obter informações detalhadas, clicando aqui.

A realidade: não existem dois realmente iguais

Embora a funcionalidade dos catálogos de produtos, carrinhos de compras e plataformas de pagamento siga certos aspectos fundamentais do comércio, não existem dois realmente iguais. Se você é uma pequena empresa com um portfólio modesto de produtos, certamente não precisará da mesma solução que a Amazon.

A complexidade de sua solução de e-commerce pode impactar diretamente a experiência de compra. Se você for uma pequena loja com um pequeno catálogo, sua meta é levar seus clientes da página do produto até a finalização da compra o mais rápido possível. Reserve um tempo para pesquisar soluções assertivas e escolha a que melhor se adapta ao tamanho da sua empresa.

O mito: Não há obstáculos para o sucesso online

Muitos “gurus digitais” farão você acreditar que não há nada que o impeça para começar um negócio online e seu sucesso aparecerá, mais cedo ou mais tarde. É mais aquela mentalidade de “abra sua loja online e os compradores virão”, que estabelecemos ser equivocada.

A realidade: o sucesso exige trabalho árduo

As empresas enfrentam obstáculos diários para o sucesso e não importa se você está começando um negócio tradicional ou uma loja online. Os negócios digitais têm seus próprios desafios, e o menor deles é atender às demandas dos clientes que preferem fazer compras com dispositivos móveis.

Alguns dos desafios que você terá que enfrentar ao iniciar uma empresa de e-commerce incluem tornar seu site responsivo a dispositivos móveis, ter uma estratégia de mídias sociais definida, bem como, criar campanhas publicitárias muito bem segmentadas no Google e nas redes sociais e usar cupons e códigos promocionais.

A realidade por trás do e-commerce que ninguém te contou

Agora comece a dar os passos necessários

Agora que você conhece a realidade de iniciar um negócio de e-commerce, é hora de dar o próximo passo. O sucesso não acontece sem um foco e atenção colocados em certos detalhes necessários. Aqui estão as próximas três etapas que você deve seguir.

  1. Conheça o negócio que você está começando: é fundamental ter uma visão concisa para sua nova empresa. Conheça os produtos e serviços detalhadamente, seja capaz de compartilhar o propósito do seu negócio em linguagem clara e com entusiasmo, e saiba como você vai competir no mercado global e em seu setor específico.
  2. Crie uma loja online profissional: já se foram os dias do “vale tudo” em termos de design e desenvolvimento de lojas virtuais. A competição é acirrada e os consumidores vão deixar sua loja tão rapidamente quanto chegaram lá (se parecer pouco profissional, for difícil de navegar e não lhes der uma sensação de confiança).
  3. Domine as questões legais e regulamentares: Os negócios online precisam ser tão compatíveis quanto os negócios tradicionais. Isso significa cuidar de coisas como licenças de marcas, criar a entidade visual, cumprir as exigências dos vários órgãos fiscais do governo, obter todas as licenças profissionais necessárias e registrar seu nome comercial e nome de domínio.

Seu e-commerce pode ter sucesso não sendo confundido com negócios “caseiros” e seguindo os passos certos. Evite as armadilhas listadas acima, cuide dos pequenos detalhes, trate-os como qualquer outro negócio e você terá uma vantagem inicial na realização de seus sonhos como empreendedor digital.

Fonte:
https://smallbusiness.yahoo.com/advisor/resource-center/myths-realities-starting-successful-ecommerce-business-012644185/