Dooca
Nerus
Alternativa Sistemas
Jet
APAGE
F1 Commerce
Tray

Todo mundo sabe o que são tendências, mas macrotendências você sabe o que significa e como elas influenciam o comércio?

As macrotendências são alterações significativas na sociedade que mudam a forma de viver, pensar e comprar do consumidor. Essas mudanças costumam durar um longo período e impactam a maneira de fazer negócios das empresas.

Entre 2020 e 2021 o mundo enfrentou uma pandemia que deixou diversos tipos de sequelas na sociedade e mudou o comportamento do consumidor, consequentemente impactando o modo como o comércio se relaciona com os clientes.

Um estudo divulgado pela PwC apontou algumas das macrotendências de consumo no cenário em que as restrições de isolamento estão se encerrando e a população retornando a um modo de viver mais próximo do que era antes da pandemia.

Analisamos o estudo e notamos o quanto essas mudanças impactam principalmente o varejo híbrido ou online, segmento que, em 2020, apresentou seu maior crescimento desde 2007. Por isso, vamos apontar e comentar as principais macrotendências que os empreendedores precisam ter no radar.

1.  Valorização ainda maior da experiência do consumidor no varejo

Segundo levantamento feito pela Ebit/Nilsen, 13 milhões de brasileiros fizeram a primeira compra pela internet em 2020. Em razão disso, quem trabalha com loja física precisará dar novas razões para os consumidores irem às compras presencialmente.

Uma das alternativas é proporcionar uma boa experiência para o consumidor, investindo em criar uma cultura de excelência no atendimento e foco na satisfação do cliente; oferecer um processo de compra facilitado; ter boas apresentações dos produtos; e inovações tecnológicas nas lojas.

2.  Facilidade de pagamento

Preencher informações do cartão de crédito a cada compra no mesmo site ou ficar muito tempo em filas em lojas físicas são atividades do passado.

Os vendedores precisam implementar diferentes métodos de pagamento para atender o novo padrão de consumo que requer facilidade e automação no pagamento.

A boa notícia é que há diferentes soluções de pagamentos que facilitam e agilizam a rotina do consumidor e o atendimento do comércio, como pix, plugins seguros para salvar as informações de pagamento do usuário em e-commerces ou aplicativos, programas de pagamentos recorrentes, transferência por aproximação do cartão, QR Codes, aplicativos com função de pagamento, como PicPay e WhatsApp Pay; entre muitas outras opções acessíveis.

3.  Automação

A automação das operações facilita processos e torna-os mais eficientes. Por isso, a macrotendência é que a automação das atividades nas empresas continue acontecendo cada vez mais através de totens de atendimento em lojas físicas, carrinhos de compras inteligentes, chatbots, integração multicanal, entre muitas outras ferramentas.

4.  Marketing hiperpersonalizado

Com a análise de dados cada vez mais presentes nas empresas para melhorias de sites, atendimento, operações e outras estratégias, uma das macrotendências para comércio são ações personalizadas para os clientes.

Ofertas com base no perfil e histórico do consumidor, atendimento personalizado, seleção exclusiva de produtos, entre diversas outras ações fazem parte da estratégia de marketing hiperpersonalizado.

Lembrando que para oferecer ações personalizadas com base em dados dos clientes, as empresas devem ter a permissão dos usuários para acessar e manipular essas informações, de acordo com a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD).

Você pode conferir o estudo completo da PwC sobre macrotendências em inglês neste link.

Fonte:
https://www.ideris.com.br/blog/macrotendencias/
apage
Autor

Escreveu um Comentário

cinco − 5 =